Token Distribution

DIAMANTE

DUREZA: 10

O nome “diamante” é uma derivação da palavra grega “Adamas” (inconquistável), conhecido e apreciado desde a antiguidade por sua beleza incomparável. Está no topo da escala de dureza, apresentando 10 Mohs.

Os gregos se referiam aos diamantes como “faíscas das estrelas que caíam sobre à Terra”, dizia-se também que o fogo refletido dele era uma constante “chama do amor”.

A natureza comprova o quanto essas gemas são especiais. O diamante é a única pedra preciosa composta apenas de um elemento, o carbono. Uma curiosidade interessante é o fato de ser a mesma composição do (grafite), que parece seu antônimo: sem brilho, cinzento e quebradiço.

Embora possuam o mesmo elemento em sua composição, o que os diferencia é a forma como os átomos de carbono se unem uns aos outros e a esse fenômeno dá-se o nome de “alotropia”, propriedades físicas e químicas diferentes.

Os Diamantes possuem diversas categorias de lapidação: quadradas (princess ou carre), navete (marquise), gota (pear), oval, baguete, coração, trapézio entre outros. Dentre todas as categorias, a mais conhecida, sem dúvidas, é a lapidação brilhante.

Popularmente os termos “diamante” e “brilhante” são utilizados como sinônimos, mas saiba que o correto é: “Diamante” é o nome dado à pedra preciosa, enquanto “Brilhante” é somente uma das categorias de lapidação.

Princess Cut

Baguete

Lapidação Brilhante

Lapidação Esmeralda

Lapidação Navete

Lapidação Cabochon

Lapidação Multifacetada

Lapidação Trapézio

Lapidação Gota

Lapidação Briolet

A lapidação brilhante tem formato redondo em sua parte superior e possui 58 facetas. Essa quantidade de facetas possibilita uma maior reflexão da luz, acentuando o brilho da gema. A lapidação brilhante, ficou muito famosa por ser a que mais valoriza a pedra.

A medida de peso nos diamantes é o Quilate (carats). Cada quilate equivale a 0,2 gramas (5 quilates = 1,0 grama). Os pontos são a fração de quilates, ou seja, uma pedra de 0,25 cts tem 25 pts.

O GIA (Gemological Institute of America) desenvolveu um padrão de classificação de diamantes. Esse é o padrão mais aceito no mundo todo e tem como critérios os 4 C’s: claridade, cor, corte e carat (quilate).

O MATERIAL MAIS
DURO DO PLANETA

O diamante é o material mais duro existente na natureza.

Isso significa que os átomos de carbono são ligados da mesma maneira em todas as direções. Apenas um diamante pode cortar ou desgastar outro, a lapidação é feita com o próprio pó dele, mas é importante ressaltar que se não cuidar, a pedra poderá trincar ou lascar. Por causa da clivagem, propriedade que determina alguns pontos de fraqueza da estrutura, é possível lapidar diamante bruto, transformando-os em joias lindas e cheias de significado.

O diamante está no topo da escala de dureza, apresentando uma dureza de 10 Mohs.

CUIDADOS ESPECIAIS COM
OS DIAMANTES

Uma interessante propriedade do diamante: eles atraem gordura e repelem água. Assim, evite tocar diretamente os seus diamantes, para não acelerar o processo de acúmulo de gordura, comprometendo o brilho da pedra e tornando-o opaco. Lembra-se do “fogo” do diamante que falamos acima? É aconselhável fazer a limpeza de seus diamantes, pelo menos duas vezes a cada ano.

Token Distribution
Token Distribution

DIAMANTE

DUREZA: 10

O nome “diamante” é uma derivação da palavra grega “Adamas” (inconquistável), conhecido e apreciado desde a antiguidade por sua beleza incomparável. Está no topo da escala de dureza, apresentando 10 Mohs.

Os gregos se referiam aos diamantes como “faíscas das estrelas que caíam sobre à Terra”, dizia-se também que o fogo refletido dele era uma constante “chama do amor”.

A natureza comprova o quanto essas gemas são especiais. O diamante é a única pedra preciosa composta apenas de um elemento, o carbono. Uma curiosidade interessante é o fato de ser a mesma composição do (grafite), que parece seu antônimo: sem brilho, cinzento e quebradiço.

Embora possuam o mesmo elemento em sua composição, o que os diferencia é a forma como os átomos de carbono se unem uns aos outros e a esse fenômeno dá-se o nome de “alotropia”, propriedades físicas e químicas diferentes.

Os Diamantes possuem diversas categorias de lapidação: quadradas (princess ou carre), navete (marquise), gota (pear), oval, baguete, coração, trapézio entre outros. Dentre todas as categorias, a mais conhecida, sem dúvidas, é a lapidação brilhante.

Popularmente os termos “diamante” e “brilhante” são utilizados como sinônimos, mas saiba que o correto é: “Diamante” é o nome dado à pedra preciosa, enquanto “Brilhante” é somente uma das categorias de lapidação.

Princess Cut

Baguete

Lapidação Brilhante

Lapidação Esmeralda

Lapidação Navete

Lapidação Cabochon

Lapidação Multifacetada

Lapidação Trapézio

Lapidação Gota

Lapidação Briolet

A lapidação brilhante tem formato redondo em sua parte superior e possui 58 facetas. Essa quantidade de facetas possibilita uma maior reflexão da luz, acentuando o brilho da gema. A lapidação brilhante, ficou muito famosa por ser a que mais valoriza a pedra.

A medida de peso nos diamantes é o Quilate (carats). Cada quilate equivale a 0,2 gramas (5 quilates = 1,0 grama). Os pontos são a fração de quilates, ou seja, uma pedra de 0,25 cts tem 25 pts.

O GIA (Gemological Institute of America) desenvolveu um padrão de classificação de diamantes. Esse é o padrão mais aceito no mundo todo e tem como critérios os 4 C’s: claridade, cor, corte e carat (quilate).

O MATERIAL MAIS DURO DO PLANETA

O diamante é o material mais duro existente na natureza.

Isso significa que os átomos de carbono são ligados da mesma maneira em todas as direções. Apenas um diamante pode cortar ou desgastar outro, a lapidação é feita com o próprio pó dele, mas é importante ressaltar que se não cuidar, a pedra poderá trincar ou lascar. Por causa da clivagem, propriedade que determina alguns pontos de fraqueza da estrutura, é possível lapidar diamante bruto, transformando-os em joias lindas e cheias de significado.

O diamante está no topo da escala de dureza, apresentando uma dureza de 10 Mohs.

CUIDADOS ESPECIAIS COM OS DIAMANTES

Uma interessante propriedade do diamante: eles atraem gordura e repelem água. Assim, evite tocar diretamente os seus diamantes, para não acelerar o processo de acúmulo de gordura, comprometendo o brilho da pedra e tornando-o opaco. Lembra-se do “fogo” do diamante que falamos acima? É aconselhável fazer a limpeza de seus diamantes, pelo menos duas vezes a cada ano.

Token Distribution
Token Distribution

TURMALINA

DIAMANTE NEGRO

Token Distribution
Token Distribution

Sobre

Gemas preciosas

Metais nobres

Pérolas

Uso e conservação

Política de garantia e troca

Perguntas frequentes

Contato

Token Distribution
Token Distribution

Sobre

Gemas preciosas

Metais nobres

Pérolas

Uso e conservação

Política de garantia e troca

Perguntas frequentes

Contato

Token Distribution
Token Distribution
[email protected]

19 9 9678.6317

desenvolvido por Ternero Design

Token Distribution
Token Distribution
[email protected]

19 9 9678.6317

Token Distribution
Ir para o topo
Open chat
1
Olá, me envie uma mensagem e conte sua história.